░ MEU SONHO NO BERÇO

Escondido, adormece
meu Sonho em seu berço.
¿Será que me escuta
ao nomear a lua?

¿Saberá quem eu sou
ao escutar minha voz?

¡Que impaciência tenho!

Sigo o esperando
com um livro aberto.
Um caracol cobre
seu mundo primevo.
Breve encontrará
a saída. Espero…

 

_
▪ Cristian David López
(Paraguai, n. 1987)
Inédito publicado com autorização prévia do autor

Mudado para português por – Gustavo Petter (Araçatuba/SP, Brasil)
Publica poemas e traduções na página agradaveldegradado.blogspot.com.br



VERSÃO ORIGINAL/ VERSIÓN ORIGINAL

 

MI SUEÑO EN CUNA

 

Escondido, duerme
mi Sueño en su cuna.
¿Será que me escucha
al nombrar la luna?

¿Sabrá quién soy yo
al escuchar mi voz?

¡Qué impaciencia tengo!

Lo sigo esperando
con un libro abierto.
Un caracol cubre
su mundo primero.
Pronto encontrará
la salida. Espero…

 

_
▪ Cristian David López
(Paraguai, n. 1987)
Inédito 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s