░ Sem outro intuito

bem-vindo ao continente das lágrimas
dir-te-ei quando desatares o primeiro grito de ar

chegarás ao país das cerejas
com uma rosa de sangue na boca

depois
atiraremos pedras às águas das fontes
sem outro intuito que o de beijarmos o silêncio
que vem à tona

 

_
▪ Maria Azenha
(Coimbra, n. 1945)
Poema inédito publicado com autorização prévia da autora.

Anúncios