░ Poema 32

Se a Primavera morrer cedo nos teus olhos virei buscá-los de madrugada
Como um ladrão de estrelas durante a noite deporei o fogo do teu corpo
Num campo de batalha.

 

__
▪ Maria Azenha
(Coimbra, n. 1945)
in “A Sombra da Romã”, Apenas Livros, Lda., Lisboa, 2011

Anúncios